Neste ano de 2011 foi lançado aqui no Brasil o livro que tem o título deste post, sendo um dos autores o príncipe Charles e que trata sobre ecologia e meio ambiente.

Fiquei impressionado com a clareza da apresentação dos fatos e dos motivos que levaram o mundo à situação atual de destruição ambiental que ameaça todas as espécies vivas, incluindo o homem, podendo levar nossa sociedade à decadência econômica e cultural se nada for feito para mudar os rumos que estamos tomando.

Eu não sou um catastrofista convicto, nem um cataclismático pregador do apocalipse, mas tenho uma visão otimista sobre a possibilidade de “virar o jogo”, ou melhor, corrigir os rumos naturais (e lentos) do desenvolvimento humano. Outrossim, confesso que fiquei bastante mais preocupado com a velocidade com que as coisas estão acontecendo…e fiquei pensando: será que vai dar tempo de consertar ?

O livro inicia com fatos importantes, como a “Curva de Keeling” que apresentamos artisticamente no post Fôlego da Vida. A curva mostra o crescimento da concentração de gás carbônico na atmosfera, medida no observatório do Monte Mauna Loa no Havaí. Esta informação, cruzada com a medição dos gases presentes na camada de gelo do polo sul, em amostras recolhidas profundamente no gelo, permitiram a análise da composição da atmosfera nos últimos 800 mil anos !. O resultado encontrado é assustador: a concentração de gás carbônico sobe rapidamente desde o século 18 (início da Revolução Industrial), bem como a acidez dos oceanos, o derretimento do gelo do oceano Ártico (polo norte) e o recuo das geleiras do pólo sul, que é um imenso continente.

Há uma previsão de que daqui a 20 ou 30 anos o oceano Ártico não tenha mais gelo no verão. Somando-se ao efeito das queimadas das florestas, a liberação do potente gás estufa metano (30 vezes mais que o gás carbônico) que está aprisionado nas camadas de gelo permanentes (permafrost), o aumento da absorção de energia pelo degelo destas capas que deixarão de refletir a luz solar e as bilhões de toneladas da gás carbônico lançadas no ar todos os anos pela queima de combustíveis fósseis, o nível dos mares poderá aumentar alguns metros fazendo desaparecer cidades inteiras.

Como dissemos nos posts O Futuro do Ecossistema Social e A Equação que Falta, precisaremos integrar nosso modo de viver com a natureza, além de buscar fontes limpas de energia e tecnologias de recuperação ambiental e tratamento de efluentes. Esse é o ponto central deste belo livro que através de uma visão holística, aponta soluções para resolver o problema da sustentabiliade e também fala sobre a importância da espiritualidade, da filosofia e da física quântica, entre outros assuntos inter-relacionados.

Um renascimento da Fé ?

Homens x Natureza ?

Você é Sustentável ? Faça o Teste